Click no livro para comprar

Click no livro para comprar
O Shokunin :Autor Ricardo Juneck

Tóquio é eleita capital gastronômica mundial pela 6ª vez



'A cozinha gourmet japonesa está ainda mais criativa, inspirada e inovadora do que no ano passado', disse Michelin Ellis, diretor do guia Michelin
REUTERS
Tóquio, 29/nov - Tóquio manteve seu delicioso título de capital gourmet mundial do guia Michelin, apesar de o número de restaurantes três estrelas ter levemente caído.
 
Este é o sexto ano consecutivo que a capital japonesa recebeu as maiores honras dos editores do guia, considerado por muitos como uma fonte de lugares excelentes para se comer.
 
Tóquio também foi elogiada por ter o maior número de restaurantes com três estrelas --a maior classificação do guia Michelin-- apesar de o número ter caído de 16, no ano passado, para 14.
 
"A cozinha gourmet japonesa está ainda mais criativa, inspirada e inovadora do que no ano passado", afirmou Michelin Ellis, diretor internacional dos guias Michelin.
 
"A qualidade e habilidade demonstrada pelos chefes da região de Kanto (nos arredores da capital japonesa) são maiores a cada ano e confirmam a classificação de Tóquio dentre os países líderes em termos de alta gastronomia mundial", afirmou em comunicado.
 
Este ano, um total de 242 restaurantes em Tóquio receberam estrelas, variando desde alta gastronomia europeia e estabelecimentos japoneses até lanchonetes que servem delícias mais humildes como enguia grelhada, noodles de um tipo de trigo soba, e "kushiage" --carne frita e vegetais em espetos.
 
A seguir, a lista dos 14 restaurantes melhores classificados de Tóquio, e um na região costeira de Shonan (Kanagawa), de acordo com o guia Michelin.
 
1. Azabu Yukimura
2. Esaki
3. Ginza Koju
4. Ishikawa
5. Kanda
6. Koan (em Shonan)
7. Ryugin
8. 7 chome Kyoboshi
9. Sukiyabashi Jiro Honten
10.Sushi Mizutani
11.Sushi Saito
12.Sushi Yoshitake
13. Usukifugu Yamadaya
14. Joel Robuchon
15. Quintessence

450 kg que pode render 20 mil sushis

Canadá: homem pesca atum de 450 kg que pode render 20 mil sushis
26 de novembro de 2012 • 09h46 • atualizado às 10h00
Marc Towers (esq.) demorou duas horas para puxar o atum gigante da água, em Canso, Nova Escócia, no leste do Canadá

Foto:
 Daily Mail/ReproduçãoUm pescador pegou um peixe de 453 kg na praia da cidade de Canso, no Estado de Nova Escócia, no Canadá. Marc Towers, 30 anos, lutou com o animal por cerca de duas horas antes de conseguir puxá-lo à superfície. O atum deve ser vendido no Japão por mais de R$ 66 mil e pode render 20 mil peças de sushi.
"Nós não havíamos percebido o quão grande ele era até chegar a cerca de 5 metros da superfície", disse Neil Cooke, amigo de Towers que viajava com ele para pescar. "Marc demorou duas horas para puxá-lo, e começamos a ver a forma dele quando o capitão disse 'Pode ser um grande peixe'", afirmou Cooke. "De repente, ele surgiu na superfície e todos dissemos 'É um monstro!'".
O peixe era tão grande, que a tripulação não conseguiu puxá-lo para dentro do barco. Os homens amarraram o atum e arrastaram-no pela água por mais de 6 km. Os marinheiros transferiram o peixe para um congelador e planejam vendê-lo no Japão, onde o atum-rabilho é muito usado para fazer sushi.
Towers e Cooke viajaram para Canso em uma época de pesca comercial. O recorde de maior atum-rabilho pescado pertence a Ken Fraser, que pegou um peixe de 678 kg.

9-Edição acontecerá em Ribeirão Preto

9-Edição acontecerá em Ribeirão Preto
Estude na melhor escola de Culinária

seu anuncio aqui

BUFFET TENTAÇÃO JAPAN

BUFFET TENTAÇÃO JAPAN
Requinte e Glamour num so lugar

TRABALHOS DO CHEFF